Researchers Study the Relation Between the Intestinal Microbiota and COVID-19

//Researchers Study the Relation Between the Intestinal Microbiota and COVID-19

Researchers Study the Relation Between the Intestinal Microbiota and COVID-19

A group of Portuguese researchers has just received 50 thousand euros to study whether the severity of COVID-19 in individuals infected with the new coronavirus (SARS-CoV2) is related to the intestinal microbiota.

The project is entitled “Gut Microbiota, Spark and Flame of COVID-19” and is led by Conceição Calhau, a researcher at CINTESIS – Center for Health Technology and Services Research and professor at the NOVA Medical School-Faculty of Medical Sciences.

This group of scientists states “the hypothesis that people from risk groups already identified have weaknesses in the intestinal microbiota in common”. This may be one of the reasons that link the condition of chronic disease to infection.

According to Conceição Calhau, “the intestinal microbiota plays a determining role in immunity, so the profile of bacteria present in the intestine can condition a greater vulnerability to the severity of the disease”.

The team includes several researchers from CINTESIS and the NOVA Medical School, as well as the researcher from the Faculty of Medicine of the University of Porto (FMUP) Cristina Granja, who will be responsible for the study at this institution.

The study will include participants over the age of 18, who will be recruited in various health units in the country, namely the Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ), the Hospital São Francisco Xavier, the Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, Hospital Cuf Infante Santo, the Curry Cabral Hospital, the São Sebastião Hospital, and the Santa Maria da Feira, the Cuf Academy and the Germano de Sousa Laboratory Medicine Center.

The results should support and encourage the development of new intervention strategies, as will be the case with prebiotics and/or probiotics.

The funding was provided by Foundation for Science and Technology (FCT), within the scope of RESEARCH4COVID19 (30 thousand euros) and by Biocodex (20 thousand euros).

By | 2020-05-11T09:18:21+00:00 May 7th, 2020|Categories: EN|Comments Off on Researchers Study the Relation Between the Intestinal Microbiota and COVID-19

About the Author:

Termos e Políticas de utilização

O website www.cintesis.eu é um website pertencente ao CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, tendo como objetivo a prossecução das atividades realizadas no âmbito desta Unidade de I&D da Universidade do Porto e sua divulgação para o público em geral. Por favor, leia atentamente os termos e condições de utilização antes de utilizar este website.
  • Os utilizadores declaram conhecer, compreender, aceitar e cumprir integralmente os termos e condições de utilização deste website.
  • Os utilizadores obrigam-se a respeitar os direitos de autor, direitos conexos e de propriedade intelectual do CINTESIS, dos seus promotores e colaboradores.
  • Os utilizadores obrigam-se à proibição de copiar, divulgar, transmitir, reproduzir ou difundir materiais publicados neste website, respeitando os direitos legais sobre os mesmos, exceto em caso de uso livre autorizado por lei, nomeadamente o direito de citação, desde que a sua origem seja claramente identificada.
  • Os utilizadores comprometem-se a não veicular através deste website qualquer tipo de conteúdo ofensivo, difamatório, discriminatório, racista, obsceno ou violento.
  • O CINTESIS encontra-se ligado a websites externos sobre os quais não tem qualquer controlo e pelos quais não assume qualquer responsabilidade.
  • O CINTESIS não se responsabiliza por quaisquer anomalias ou danos que possam derivar da utilização do website, designadamente por vírus causados pelo acesso a hiperligações disponibilizadas.
  • Os utilizadores declaram-se totalmente responsáveis por quaisquer danos que venham a provocar, quer ao CINTESIS, quer a terceiros, pelo não cumprimento dos termos e condições aqui descritos, bem como pelo não cumprimento das normas legais.
  • O CINTESIS pode suspender ou alterar os presentes termos e condições, sem aviso, a todo e qualquer momento.
  • As questões constantes dos termos e condições são reguladas pela legislação portuguesa em vigor.