Newsletter - January - 2017

 

 

CINTESIS' News
Newsletter oficial do CINTESIS
N.38
JANEIRO
2017
EDITORIAL

CINTESIS - o balanço de 2016 que lança novos desafios para 2017


Em 2016, o CINTESIS cresceu significativamente não só em termos da sua abrangência institucional (novo protocolo assinado com a NOVA Medical School / Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova) e atividades de investigação (7 novos projetos financiados) mas também no que se refere ao seu reconhecimento entre pares e notoriedade junto da sociedade. 
 
Na verdade, estes dois parâmetros, embora menos tangíveis que os indicadores científicos, possuem uma cada vez maior importância tanto na obtenção de financiamento competitivo como, sobretudo, na desejável articulação com as empresas e a indústria da saúde.
 
Em 2016 foram assim atribuídos a investigadores do CINTESIS 21
prémios e/ou distinções, o que, representando um aumento de pelo menos 31% face ao valor registado no ano anterior, poderá mesmo assim estar subestimado pois é possível que faltem ainda outros prémios que não tenham chegado ao conhecimento da equipa de gestão da Unidade. Pela sua importância pública e científica, destacam-se o Prémio Pfizer de Investigação Clínica 2016 (atribuído a Pedro Pimentel Nunes), o Prémio Banco Carregosa (ganho por Liane Costa, no âmbito dos seus trabalhos de doutoramento no PDICSS, Programa Doutoral apoiado pelo CINTESIS, e no ISPUP), o Prémio SPAIC – DIATER 2016 (concedido a Bernardo Sousa Pinto), o Prémio Iraci Santos (obtido por José Carlos Carvalho) ou a Fellowship da European Association for Endoscopic Surgery (fruída por Gil Faria). 
 
Acresce que os níveis de notoriedade do CINTESIS acompanharam em 2016 o crescimento e o desenvolvimento desta unidade de I&D dentro do seu ecossistema, sendo publicadas 55 notícias, com referência clara ao CINTESIS, em órgãos de comunicação social generalistas de âmbito nacional e regional. Embora este número de notícias seja ainda relativamente reduzido face aos indicadores globais de produção científica do CINTESIS (mais de
470 publicações científicas indexadas em 2015), este resultado mediático teve um já significativo valor estimado de 434 mil Euros
 
Neste contexto, pense-se agora numa ainda melhor articulação dos já mais de 150 investigadores com a nova equipa de gestão do CINTESIS e no que todo este esforço conjunto poderá vir a conseguir para o desenvolvimento do sistema científico nacional, para o aumento do conhecimento e da inovação na área da saúde... e perceber-se-á qual o grande desafio da Unidade para 2017!

 
Olga Magalhães, Especialista de Comunicação 
António Soares, PhD, Gestor Executivo
Altamiro Costa-Pereira, PhD, Coordenador Científico

 

IS4Health em alta em 2017

O estetoscópio digital daIS4Health - uma spin-off associada ao CINTESIS - foi listado pela Sapo como um dos 35 avanços médicos mais relevantes para 2017.

Ler mais »

CINTESIS no Rádio Nova

A Rádio Nova entrevistou Paulo Santos, responsável pelo METIS, no âmbito do programa "Ciência ao Ouvido". O especialista falou sobre formas de contornar o jet lag.

Ouvir programa»
 

CINTESIS está na SPAIC

João Fonseca, do grupo de investigação EvidenS, integra a nova equipa diretiva da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica, na qualidade de vice-presidente.

Ler mais »

CINTESIS junta NOVA e U.Porto

No dia 15 de dezembro foi assinado um protocolo entre a Faculdade de Medicina da U. Porto e a Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova, através do CINTESIS.

Ler mais»

IoGeneration pede lei sobre iodo 

Uma equipa do CINTESIS esteve na Assembleia da República no dia 14 de dezembro, para uma audição com a Comissão Parlamentar da Saúde.

Ler mais »

VirtualCare em destaque

Tiago Costa, investigador do CINTESIS e CEO da VirtualCare - Systems for Life, é a "Pessoa" em destaque na primeira edição de 2017 da newsletter semanal da U.Porto.

Ler mais»
PROFILE // CARLOS SEQUEIRA , G5 - NursID

Polo: Escola Superior de Enfermagem do Porto
Interesses: Saúde Mental, Envelhecimento Ativo, Gerontologia, Sistemas de Informação, Psicologia Positiva
Idade: 45
Naturalidade: Vilar-de-Maçada, Alijó
 
Licenciado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto (ESEP), Carlos Sequeira especializou-se em Saúde Mental na mesma Escola. Trabalhou nos Cuidados de Saúde Primários e nos Cuidados Intensivos do Hospital de São João (HSJ), mas acabou por deixar esta atividade quando percebeu que a prática clínica não potenciava a formação que tinha nem se entusiasmava com os planos que acalentava.

Daí até enveredar por uma carreira no Ensino Superior foi um pequeno passo. Integrou a ESEP em 2000 e passou os últimos 17 anos em intensa atividade académica e científica. Pelo caminho, concluiu o Mestrado em Saúde Pública da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) com uma dissertação sobre comportamentos de risco nos pacientes politraumatizados. Mas a sua principal linha de investigação relaciona-se com as necessidades dos cuidadores de pacientes com demência, área na qual se doutorou em 2007, no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar.

Assinou mais de 20 artigos científicos publicados em revistas científicas com fator de impacto sobre este tópico e sumarizou muito deste conhecimento em 3 das 16 obras que já publicou: "Cuidar de Idosos Dependentes" (2007), "Cuidar de Idosos com Dependência Física e Mental" (2010) e "Comunicação Clínica e Relação de Ajuda" (2016).

No seu mais recente livro, Carlos Sequeira apresenta propostas de intervenção na área dos cuidadores de pacientes dependentes e aponta o que faz falta: "é preciso avaliar se os cuidadores têm capacidade para terem outros a seu cargo, prepará-los para os desafios que vão enfrentar e monitorizar o seu estado e o do dependente", clarifica.

Outra das linhas de investigação sobre a qual se tem debruçado incide sobre a Saúde Mental dos jovens. Num dos estudos que desenvolveu, verificou que 8% dos jovens entre os 18 e os 21 apresentam ideias suicidas. Cooperando com equipas espanholas e brasileiras, Carlos Sequeira pretende desenvolver um programa de saúde mental positiva destinados a este grupo da população.
 
Objetivo profissional para este ano?
Dar continuidade ao projeto sobre promoção de saúde mental positiva para construir e aplicar rapidamente o programa.
Publicar um novo livro sobre Enfermagem da Saúde Mental.
 
Ambição científica para os próximos 10 anos?
Que estes programas – para cuidadores e para jovens - que estamos a estudar e a validar possam ser aplicados com sucesso a nível nacional.
Validar o modelo sobre intervenções psicoterapêuticas em Enfermagem – um projeto que deverá terminar em junho deste ano – e disseminá-lo para outros países.
 
Que vida para além da investigação/ensino?
Gosto muito de ler e de passear. Neste momento estou a ler "Foco", de Daniel Goleman, e  "A Aventura do Pensamento", de Fernando Salvater. Também gosto muito de poesia, mas neste momento falta-me tempo para me dedicar mais à leitura.
Gosto de viajar. Marcou-me particularmente uma viagem que fiz a Nova Iorque. Imagine alguém natural de uma localidade pequena, em Trás-os-Montes, a chegar a Nova Iorque, onde tudo é enorme!
E sabem que sou ator?! Já participei em curtas e longas metragens…
 
OUTRAS NOTÍCIAS
INOVAÇÃO: Estão abertas até 20 de fevereiro as candidaturas para o Programa COHiTEC, cujo objetivo é fomentar a valorização do conhecimento gerado em universidades e centros de I&D nacionais e apoiar a passagem desse conhecimento para o mercado. Ler mais»

INOVAÇÃO: Estão abertas até 10 de fevereiro as candidaturas para o Startup Porto Accelerator. Ler mais»

OPORTUNIDADE: Decorre no próximo dia 8 de fevereiro, em Lisboa, um almoço-colóquio intitulado "Política de Saúde, a Reforma do Estado e a Geração de Consenso". Ler mais»

PRÉMIOS: 74 Regiões europeias distinguidas por investimentos na área da prestação de cuidados geriátricos com recurso a plataformas digitais. Ler mais»
 
ESTUDO: A Comissão Europeia publicou um estudo sobre Big Data em Saúde Pública, Telemedicina e Cuidados de Saúde. Ler mais»
 
TECNOLOGIA: Projeto FrailSafe está a trabalhar em tecnologias de informação de ponta, como um "Modelo de Paciente Virtual" personalizado e um jogo de supermercado virtual. Ler mais»
 
TECNOLOGIA: Grécia abre duas novas infraestruturas para desenvolver e testar tecnologias de tele-saúde. Ler mais»
 
RISCO: ENISA lança recomendações relativas a cibersegurança paea hospitais. Ler mais»
 
 
Forward
Share
+1
Tweet
Share
Copyright: CINTESIS®   |   Edição Mensal

Edição: António Soares | Redação: Olga Magalhães
CINTESIS, Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
R. Dr. Plácido da Costa, 4200-450, Porto, Portugal;  Tel: 225 513 622

Sugestões para This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

A equipa editorial do CINTESIS reserva-se o direito de selecionar os conteúdos informativos.

 

Patrocinadores:


Agradecimentos especiais:


© 2017, CINTESIS