CINTESIS e FMUP dão “receita” para simular cenários de emergência à distância

/, TT & Inovação/CINTESIS e FMUP dão “receita” para simular cenários de emergência à distância

CINTESIS e FMUP dão “receita” para simular cenários de emergência à distância

A telessimulação poderá ser uma alternativa eficaz para o treino de estudantes e de profissionais de saúde em cenários de emergência, durante e após a pandemia por COVID-19.

Carla Sá Couto e Abel Nicolau, do CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde e do Centro de Simulação Biomédica da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (CBS- FMUP), entendem que a simulação à distância tem “um elevado potencial de utilização no pós-confinamento”.

Conforme escrevem no jornal online MedEdPublish, é possível “combinar uma série de estratégias inovadoras e de recursos online para recriar cenários de simulação de emergência de forma remota, beneficiando das novas plataformas online, muitas das quais são inteiramente gratuitas”.

Nesse sentido, criaram uma “receita”, que pode ser consultada online e utilizada q.b. por instrutores/docentes e técnicos de simulação. Os investigadores indicam todos os “ingredientes” necessários e explicam “como servir” este que poderá ser, cada vez mais, “o prato do dia”.

“A novidade é o uso da telessimulação, sem recorrer aos tradicionais simuladores, necessitando apenas de equipamento informático comum (computadores, tablets ou telemóveis) e de uma combinação criativa de software gratuito. Esta receita permite uma implementação rápida e sem grandes equipamentos associados”, explicam.

Para já, os investigadores recriaram três cenários de emergência: o choque hemorrágico, o choque anafilático e a intoxicação por opioides. No entanto, dizem, “a imaginação é o limite”.

De acordo com os autores, a telessimulação na área da saúde não é nova, sendo usada mundialmente há cerca de uma década como estratégia de implementação do ensino à distância, com um interesse crescente nos últimos anos, que a COVID-19 veio tornar mais premente.

Do mesmo modo que a veem como uma alternativa às aulas presenciais nesta fase, entendem que a telessimulação poderá funcionar, no futuro, como complemento dos cenários físicos até aqui utilizados na área da educação médica, incluindo instituições e regiões com recursos limitados.

Por | 2020-10-29T16:29:36+00:00 Outubro 29th, 2020|Categorias: Educação, TT & Inovação|Tags: , , , , , , , |Comentários fechados em CINTESIS e FMUP dão “receita” para simular cenários de emergência à distância

Sobre o Autor:

Termos e Políticas de utilização

O website www.cintesis.eu é um website pertencente ao CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, tendo como objetivo a prossecução das atividades realizadas no âmbito desta Unidade de I&D da Universidade do Porto e sua divulgação para o público em geral. Por favor, leia atentamente os termos e condições de utilização antes de utilizar este website.
  • Os utilizadores declaram conhecer, compreender, aceitar e cumprir integralmente os termos e condições de utilização deste website.
  • Os utilizadores obrigam-se a respeitar os direitos de autor, direitos conexos e de propriedade intelectual do CINTESIS, dos seus promotores e colaboradores.
  • Os utilizadores obrigam-se à proibição de copiar, divulgar, transmitir, reproduzir ou difundir materiais publicados neste website, respeitando os direitos legais sobre os mesmos, exceto em caso de uso livre autorizado por lei, nomeadamente o direito de citação, desde que a sua origem seja claramente identificada.
  • Os utilizadores comprometem-se a não veicular através deste website qualquer tipo de conteúdo ofensivo, difamatório, discriminatório, racista, obsceno ou violento.
  • O CINTESIS encontra-se ligado a websites externos sobre os quais não tem qualquer controlo e pelos quais não assume qualquer responsabilidade.
  • O CINTESIS não se responsabiliza por quaisquer anomalias ou danos que possam derivar da utilização do website, designadamente por vírus causados pelo acesso a hiperligações disponibilizadas.
  • Os utilizadores declaram-se totalmente responsáveis por quaisquer danos que venham a provocar, quer ao CINTESIS, quer a terceiros, pelo não cumprimento dos termos e condições aqui descritos, bem como pelo não cumprimento das normas legais.
  • O CINTESIS pode suspender ou alterar os presentes termos e condições, sem aviso, a todo e qualquer momento.
  • As questões constantes dos termos e condições são reguladas pela legislação portuguesa em vigor.