FASTinov regista patente no Japão

//FASTinov regista patente no Japão

FASTinov regista patente no Japão

A FASTinov, empresa nascida no CINTESIS com a chancela U.Porto spin-off atribuída pela U.Porto Inovação, acaba de registar patente de uma tecnologia disruptiva que permite detetar resistências aos antibióticos em tempo recorde.

A patente já tinha sido aceite nos Estados Unidos da América e depois na Europa. Agora a empresa tem as portas abertas no Japão, um mercado altamente tecnológico e competitivo.

De acordo com a CSO da empresa, Cidália Pina-Vaz, “esta patente descreve um método novo e mais rápido para avaliar a suscetibilidade aos antibióticos, a partir de uma amostra de material biológico, como sangue ou urina. Os microrganismos são incubados durante uma hora com os antibióticos, sendo adicionada também uma substância fluorescente que vai revelar a lesão produzida. Em menos de duas horas, conseguimos reportar quais os antibióticos a que a bactéria é suscetível e, no caso de resistência, qual o mecanismo de resistência subjacente”.

O desenvolvimento desta nova tecnologia faz parte de um trabalho financiado com 2,6 milhões de euros pela Comissão Europeia, amplamente divulgado pelo seu caráter disruptivo. A atribuição da patente no Japão, que abrange o software e vários produtos biológicos, microrganismos e antibióticos, é mais um passo dado no sentido da internacionalização.

“Esta patente é muito abrangente, embora novas patentes estejam já submetidas”, afirma a responsável, que é também investigadora do CINTESIS e docente da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).

A empresa avançará, entretanto, para a marcação CEE-IVD, que lhe vai permitir entrar no mercado já em meados do próximo ano. Esta marcação depende também de uma validação externa, em curso num Hospital de Madrid, em Espanha. O passo seguinte será a marcação pela Food and Drug Administration (FDA), que permitirá a comercialização do novo teste também nos EUA.

Estima-se que o mercado de testes de suscetibilidade aos antimicrobianos atinja os 3,5 mil milhões de dólares até 2020.

A FASTinov está atualmente sediada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto.

Por | 2019-09-26T13:32:20+00:00 Setembro 18th, 2019|Categorias: TT & Inovação|Tags: , , , , , , , |Comentários fechados em FASTinov regista patente no Japão

Sobre o Autor:

Termos e Políticas de utilização

O website www.cintesis.eu é um website pertencente ao CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, tendo como objetivo a prossecução das atividades realizadas no âmbito desta Unidade de I&D da Universidade do Porto e sua divulgação para o público em geral. Por favor, leia atentamente os termos e condições de utilização antes de utilizar este website.
  • Os utilizadores declaram conhecer, compreender, aceitar e cumprir integralmente os termos e condições de utilização deste website.
  • Os utilizadores obrigam-se a respeitar os direitos de autor, direitos conexos e de propriedade intelectual do CINTESIS, dos seus promotores e colaboradores.
  • Os utilizadores obrigam-se à proibição de copiar, divulgar, transmitir, reproduzir ou difundir materiais publicados neste website, respeitando os direitos legais sobre os mesmos, exceto em caso de uso livre autorizado por lei, nomeadamente o direito de citação, desde que a sua origem seja claramente identificada.
  • Os utilizadores comprometem-se a não veicular através deste website qualquer tipo de conteúdo ofensivo, difamatório, discriminatório, racista, obsceno ou violento.
  • O CINTESIS encontra-se ligado a websites externos sobre os quais não tem qualquer controlo e pelos quais não assume qualquer responsabilidade.
  • O CINTESIS não se responsabiliza por quaisquer anomalias ou danos que possam derivar da utilização do website, designadamente por vírus causados pelo acesso a hiperligações disponibilizadas.
  • Os utilizadores declaram-se totalmente responsáveis por quaisquer danos que venham a provocar, quer ao CINTESIS, quer a terceiros, pelo não cumprimento dos termos e condições aqui descritos, bem como pelo não cumprimento das normas legais.
  • O CINTESIS pode suspender ou alterar os presentes termos e condições, sem aviso, a todo e qualquer momento.
  • As questões constantes dos termos e condições são reguladas pela legislação portuguesa em vigor.