Informatização de dados obstétricos melhora produção científica nos hospitais portugueses

//Informatização de dados obstétricos melhora produção científica nos hospitais portugueses

Informatização de dados obstétricos melhora produção científica nos hospitais portugueses

Já se sabia que a informatização dos registos clínicos obstétricos tem um impacto positivo no suporte à prática clínica, apoiando os profissionais de saúde em contexto de consultas, internamentos, partos, cirurgias e urgências. Agora, sabe-se que o registo eletrónico também permite melhorar a produção científica de cada hospital e, logo, a investigação científica a nível nacional.

Como demonstra um estudo assinado por investigadores do CINTESIS, os hospitais informatizados com o ObsCare publicaram mais 46% do que os hospitais que ainda não dispõem deste software. Além de publicarem mais, os hospitais com informatização dos dados obstétricos têm estudos com amostras significativamente maiores. Nos estudos de hospitais com registos informatizados, a média do tamanho da amostra foi de 1.246 mulheres, enquanto nos outros hospitais a média não ultrapassou 336 mulheres.

Estes dados foram apresentados neste mês de abril, na Reunião da Primavera da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-fetal, onde foram premiados vários trabalhos realizados com recurso a dados do ObsCare.

O trabalho é assinado por Priscila Maranhão, Tiago Costa , Nuno Montenegro e Ricardo Cruz Correia, investigadores do CINTESIS, da VirtualCare e da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto/Centro Hospitalar de São João, um dos hospitais onde o software já foi implementado.

O ObsCare foi desenvolvido pela VirtualCare, spin-off da Universidade do Porto nascida no CINTESIS. A Administração Regional de Saúde do Norte já adquiriu a licença para o seu uso em todos os hospitais públicos.

Por | 2018-04-24T11:56:49+00:00 Abril 23rd, 2018|Categorias: Investigação|Tags: , , , |Comentários fechados em Informatização de dados obstétricos melhora produção científica nos hospitais portugueses

Sobre o Autor:

Termos e Políticas de utilização

O website www.cintesis.eu é um website pertencente ao CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, tendo como objetivo a prossecução das atividades realizadas no âmbito desta Unidade de I&D da Universidade do Porto e sua divulgação para o público em geral. Por favor, leia atentamente os termos e condições de utilização antes de utilizar este website.
  • Os utilizadores declaram conhecer, compreender, aceitar e cumprir integralmente os termos e condições de utilização deste website.
  • Os utilizadores obrigam-se a respeitar os direitos de autor, direitos conexos e de propriedade intelectual do CINTESIS, dos seus promotores e colaboradores.
  • Os utilizadores obrigam-se à proibição de copiar, divulgar, transmitir, reproduzir ou difundir materiais publicados neste website, respeitando os direitos legais sobre os mesmos, exceto em caso de uso livre autorizado por lei, nomeadamente o direito de citação, desde que a sua origem seja claramente identificada.
  • Os utilizadores comprometem-se a não veicular através deste website qualquer tipo de conteúdo ofensivo, difamatório, discriminatório, racista, obsceno ou violento.
  • O CINTESIS encontra-se ligado a websites externos sobre os quais não tem qualquer controlo e pelos quais não assume qualquer responsabilidade.
  • O CINTESIS não se responsabiliza por quaisquer anomalias ou danos que possam derivar da utilização do website, designadamente por vírus causados pelo acesso a hiperligações disponibilizadas.
  • Os utilizadores declaram-se totalmente responsáveis por quaisquer danos que venham a provocar, quer ao CINTESIS, quer a terceiros, pelo não cumprimento dos termos e condições aqui descritos, bem como pelo não cumprimento das normas legais.
  • O CINTESIS pode suspender ou alterar os presentes termos e condições, sem aviso, a todo e qualquer momento.
  • As questões constantes dos termos e condições são reguladas pela legislação portuguesa em vigor.