Investigação revela papel preventivo e terapêutico da alimentação nas artrites inflamatórias

/, Investigação/Investigação revela papel preventivo e terapêutico da alimentação nas artrites inflamatórias

Investigação revela papel preventivo e terapêutico da alimentação nas artrites inflamatórias

Um estudo desenvolvido por investigadores do CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, em colaboração com a NOVA Medical School revela que a alimentação estará associada ao desenvolvimento de doenças inflamatórias das articulações, como a espondiloartrite.

De acordo com o estudo, a alteração da microbiota intestinal – maior comunidade de bactérias do corpo humano, responsável pela estabilidade que o organismo precisa para realizar as suas funções adequadamente, – traduz-se em diversas patologias relacionadas com a inflamação das articulações.

A investigação realça que a alteração da microbiota pode proporcionar a colonização de bactérias patogénicas propensas à inflamação intestinal que é desenvolvida em paralelo com a inflamação articular. Acrescenta ainda que cerca de dois terços dos doentes com doenças inflamatórias crónicas têm algum grau de inflamação intestinal.

A equipa de investigação acredita que os hábitos alimentares poderão ter um papel preventivo ou mesmo terapêutico na modulação da microbiota e, consequentemente, na espondiloartrite. Ou seja, certas intervenções alimentares, ao restabelecerem o equilíbrio da microbiota intestinal, são consideradas boas estratégias na evolução de doenças inflamatórias crónicas.

As principais modificações alimentares sugeridas referem-se à redução do consumo de amido e ao aumento do consumo de polifenóis e ácidos gordos n-3, dado as suas propriedades anti-inflamatórias, sendo que relatos pontuais referem melhorias aquando da adoção de uma dieta vegan.

O estudo alerta ainda para a obesidade como um dos casos em que a microbiota está alterada e, portanto, onde há maior propensão para inflamações crónicas.

Neste momento, a investigação respeitante a estas doenças é limitada. Contudo, no futuro os investigadores esperam que outros estudos possam identificar os agentes associados ao desenvolvimento destas doenças e o papel específico da sua modulação, bem como o efeito das alterações dos hábitos alimentares enquanto medida terapêutica.

Assinam este trabalho Inês Barreiros Mota e Conceição Calhau, coordenadora da linha temática 1  – Medicina Preventiva & Desafios Societais, do CINTESIS.

Por | 2019-03-14T18:44:54+00:00 Março 11th, 2019|Categorias: CINTESIS, Investigação|Tags: , , , , |Comentários fechados em Investigação revela papel preventivo e terapêutico da alimentação nas artrites inflamatórias

Sobre o Autor:

Termos e Políticas de utilização

O website www.cintesis.eu é um website pertencente ao CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, tendo como objetivo a prossecução das atividades realizadas no âmbito desta Unidade de I&D da Universidade do Porto e sua divulgação para o público em geral. Por favor, leia atentamente os termos e condições de utilização antes de utilizar este website.
  • Os utilizadores declaram conhecer, compreender, aceitar e cumprir integralmente os termos e condições de utilização deste website.
  • Os utilizadores obrigam-se a respeitar os direitos de autor, direitos conexos e de propriedade intelectual do CINTESIS, dos seus promotores e colaboradores.
  • Os utilizadores obrigam-se à proibição de copiar, divulgar, transmitir, reproduzir ou difundir materiais publicados neste website, respeitando os direitos legais sobre os mesmos, exceto em caso de uso livre autorizado por lei, nomeadamente o direito de citação, desde que a sua origem seja claramente identificada.
  • Os utilizadores comprometem-se a não veicular através deste website qualquer tipo de conteúdo ofensivo, difamatório, discriminatório, racista, obsceno ou violento.
  • O CINTESIS encontra-se ligado a websites externos sobre os quais não tem qualquer controlo e pelos quais não assume qualquer responsabilidade.
  • O CINTESIS não se responsabiliza por quaisquer anomalias ou danos que possam derivar da utilização do website, designadamente por vírus causados pelo acesso a hiperligações disponibilizadas.
  • Os utilizadores declaram-se totalmente responsáveis por quaisquer danos que venham a provocar, quer ao CINTESIS, quer a terceiros, pelo não cumprimento dos termos e condições aqui descritos, bem como pelo não cumprimento das normas legais.
  • O CINTESIS pode suspender ou alterar os presentes termos e condições, sem aviso, a todo e qualquer momento.
  • As questões constantes dos termos e condições são reguladas pela legislação portuguesa em vigor.