Investigadores CINTESIS na sala de aula: “alta carga visual” pode prejudicar a aprendizagem das crianças

//Investigadores CINTESIS na sala de aula: “alta carga visual” pode prejudicar a aprendizagem das crianças

Investigadores CINTESIS na sala de aula: “alta carga visual” pode prejudicar a aprendizagem das crianças

A atenção e a memória das crianças podem ser perturbadas por imagens ou objetos expostos nas paredes das salas de aula, revela um estudo desenvolvido por investigadores do CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde no polo da Universidade de Aveiro.

De acordo com a notícia avançada pela Agência Lusa, o trabalho “When visual stimulation of the surrounding environment affects children’s cognitive performance”, recentemente publicado no Journal of Experimental Child Psychology, envolveu um grupo de 64 crianças, com idades entre os oito e os 12 anos, de várias escolas do concelho de Aveiro.

“Cada criança teve de responder individualmente a um conjunto de quatro tarefas com as quais os investigadores avaliaram processos cognitivos básicos, como a atenção e a memória, subjacentes às mais variadas atividades que os participantes enfrentam no seu dia-a-dia, nomeadamente na escola”, revelam os autores, Pedro Rodrigues e Josefa Pandeirada, do CINTESIS/UA.

O estudo era composto por duas sessões experimentais: numa, as crianças foram sentadas perante uma mesa e responderam às tarefas, sendo rodeadas por um conjunto de 24 imagens que lhes eram apelativas, distribuídas numa plataforma branca; noutra, as crianças foram igualmente sentadas perante a mesma mesa e desenvolveram as mesmas tarefas, mas foram expostas à plataforma de cor branca sem qualquer elemento visual exposto.

Segundo declarações de Pedro Rodrigues à Lusa, concluiu-se que “as crianças tiveram melhor performance nas duas tarefas de memória e mais respostas corretas nas duas tarefas de atenção quando estavam expostas à plataforma livre de elementos distrativos do que quando esta continha as imagens”.

Os resultados sugerem que a “alta carga visual”, isto é, a presença de determinados elementos visuais nas salas de aula poderá constituir-se como “fonte de distração” e prejudicar a aprendizagem das crianças. Para já, no entanto, ainda não é possível fazer “recomendações fundamentadas” sobre as melhores condições ambientais para otimizar a aprendizagem.

 

Por | 2018-10-16T12:56:54+00:00 Outubro 16th, 2018|Categorias: Investigação|Tags: , , , , , , , |Comentários fechados em Investigadores CINTESIS na sala de aula: “alta carga visual” pode prejudicar a aprendizagem das crianças

Sobre o Autor:

Termos e Políticas de utilização

O website www.cintesis.eu é um website pertencente ao CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, tendo como objetivo a prossecução das atividades realizadas no âmbito desta Unidade de I&D da Universidade do Porto e sua divulgação para o público em geral. Por favor, leia atentamente os termos e condições de utilização antes de utilizar este website.
  • Os utilizadores declaram conhecer, compreender, aceitar e cumprir integralmente os termos e condições de utilização deste website.
  • Os utilizadores obrigam-se a respeitar os direitos de autor, direitos conexos e de propriedade intelectual do CINTESIS, dos seus promotores e colaboradores.
  • Os utilizadores obrigam-se à proibição de copiar, divulgar, transmitir, reproduzir ou difundir materiais publicados neste website, respeitando os direitos legais sobre os mesmos, exceto em caso de uso livre autorizado por lei, nomeadamente o direito de citação, desde que a sua origem seja claramente identificada.
  • Os utilizadores comprometem-se a não veicular através deste website qualquer tipo de conteúdo ofensivo, difamatório, discriminatório, racista, obsceno ou violento.
  • O CINTESIS encontra-se ligado a websites externos sobre os quais não tem qualquer controlo e pelos quais não assume qualquer responsabilidade.
  • O CINTESIS não se responsabiliza por quaisquer anomalias ou danos que possam derivar da utilização do website, designadamente por vírus causados pelo acesso a hiperligações disponibilizadas.
  • Os utilizadores declaram-se totalmente responsáveis por quaisquer danos que venham a provocar, quer ao CINTESIS, quer a terceiros, pelo não cumprimento dos termos e condições aqui descritos, bem como pelo não cumprimento das normas legais.
  • O CINTESIS pode suspender ou alterar os presentes termos e condições, sem aviso, a todo e qualquer momento.
  • As questões constantes dos termos e condições são reguladas pela legislação portuguesa em vigor.