Investigadores estão preocupados com impacto da COVID-19 no cuidado prestado aos idosos

//Investigadores estão preocupados com impacto da COVID-19 no cuidado prestado aos idosos

Investigadores estão preocupados com impacto da COVID-19 no cuidado prestado aos idosos

Um grupo de investigadores do CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde está a avaliar o impacto da COVID-19 nos cuidados prestados a pessoas idosas em estruturas residenciais para idosos (ERPI), residências seniores e lares de terceira idade em Portugal.

A equipa está a ouvir profissionais que trabalham neste tipo de instituições há mais de seis meses, designadamente médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas da fala, terapeutas ocupacionais, animadores, auxiliares ou assistentes operacionais e diretores técnicos, entre outros.

O objetivo é perceber o que mudou na prestação de cuidados aos idosos durante a pandemia e de que forma as organizações residenciais para pessoas idosas conseguiram dar resposta às necessidades dos seus utentes.

“A situação pandémica atual tem o seu potencial para causar alterações profundas na qualidade dos cuidados gerontológicos. Pretendemos descrever o impacto da pandemia na perceção dos profissionais acerca dos cuidados prestados”, explicam Maria Miguel Barbosa e Rosa Marina Afonso, do CINTESIS e da Universidade da Beira Interior (UBI).

Adicionalmente, dizem, “queremos compreender de que forma as experiências e práticas atuais podem ser potenciadas no sentido de promover um conjunto de soluções passíveis de aplicação durante o período da pandemia”.

Vulnerabilidades exacerbam-se com a pandemia

Os participantes terão de responder a um questionário online, no qual são avaliados aspetos como o perfil dos profissionais desta área, as características das instituições e os cuidados prestados nesta fase, comparativamente ao período pré-pandémico.

Pretende-se saber, nomeadamente, se houve uma alteração das dinâmicas dos cuidados prestados, se estes se tornaram mais assistencialistas, se existiu um impacto na centralização dos cuidados nas pessoas idosas e se ocorreram alterações ao respeito pelos seus direitos (como o direito à autodeterminação).

“A nossa motivação radica sobretudo no empenho e investimento na prestação de cuidados dignos e de qualidade a pessoas idosas, um grupo que, tendencialmente, possui características de vulnerabilidade, exacerbadas significativamente pela pandemia”, explicam.

As investigadoras confessam-se apreensivas. “Este contexto preocupa-nos e inquieta-nos tanto em relação aos residentes em organizações gerontológicas como aos profissionais dessas unidades, numa situação que tem sido extremamente exigente e alarmante. Acreditamos que, como investigadores, temos a responsabilidade de nos adaptar à atualidade e temos a missão de descrever e dar respostas às novas e reais necessidades da área da Gerontologia”, afirmam.

A recolha dos dados deverá ser feita até ao final do mês de julho e os resultados preliminares poderão ser conhecidos em setembro. Prevê-se ainda a realização de um webinar destinado aos profissionais.

Além de Maria Miguel Barbosa (CINTESIS/Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto, CICS-Universidade da Beira Interior e FCT) e Rosa Marina Afonso (CINTESIS/UBI), a equipa integra Javier Yanguas (Fundación Bancaria “La Caixa”) Constança Paúl e Laetitia Teixeira (CINTESIS/ICBAS).

O questionário pode ser acedido aqui.

Mais informações: mariabarbosa@fcsaude.ubi.pt

Por | 2020-07-17T18:17:40+00:00 Julho 17th, 2020|Categorias: Investigação|Tags: , , , , , , |Comentários fechados em Investigadores estão preocupados com impacto da COVID-19 no cuidado prestado aos idosos

Sobre o Autor:

Termos e Políticas de utilização

O website www.cintesis.eu é um website pertencente ao CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, tendo como objetivo a prossecução das atividades realizadas no âmbito desta Unidade de I&D da Universidade do Porto e sua divulgação para o público em geral. Por favor, leia atentamente os termos e condições de utilização antes de utilizar este website.
  • Os utilizadores declaram conhecer, compreender, aceitar e cumprir integralmente os termos e condições de utilização deste website.
  • Os utilizadores obrigam-se a respeitar os direitos de autor, direitos conexos e de propriedade intelectual do CINTESIS, dos seus promotores e colaboradores.
  • Os utilizadores obrigam-se à proibição de copiar, divulgar, transmitir, reproduzir ou difundir materiais publicados neste website, respeitando os direitos legais sobre os mesmos, exceto em caso de uso livre autorizado por lei, nomeadamente o direito de citação, desde que a sua origem seja claramente identificada.
  • Os utilizadores comprometem-se a não veicular através deste website qualquer tipo de conteúdo ofensivo, difamatório, discriminatório, racista, obsceno ou violento.
  • O CINTESIS encontra-se ligado a websites externos sobre os quais não tem qualquer controlo e pelos quais não assume qualquer responsabilidade.
  • O CINTESIS não se responsabiliza por quaisquer anomalias ou danos que possam derivar da utilização do website, designadamente por vírus causados pelo acesso a hiperligações disponibilizadas.
  • Os utilizadores declaram-se totalmente responsáveis por quaisquer danos que venham a provocar, quer ao CINTESIS, quer a terceiros, pelo não cumprimento dos termos e condições aqui descritos, bem como pelo não cumprimento das normas legais.
  • O CINTESIS pode suspender ou alterar os presentes termos e condições, sem aviso, a todo e qualquer momento.
  • As questões constantes dos termos e condições são reguladas pela legislação portuguesa em vigor.